Santa Paulina
Espiritualidade

Santa Paulina: conheça sua vida e sua obra

Considerada a primeira santa brasileira, Santa Paulina possui fiéis no Brasil todo. Foi beatificada pelo Papa João Paulo II em 2002. De origem pobre, chegou ao Brasil aos 9 anos. Teve uma vida dedicada a caridade e acolhimento. Conheça mais sobre a vida da primeira santa brasileira e as orações tão poderosas dedicadas a ela.

O povo brasileiro possui muita fé, para a maioria das pessoas, Deus não é considerado um problema, mas sim a solução dos problemas.

A devoção a Santa Paulina não é de hoje. Centenas de brasileiros já a adotaram como sendo a santinha de seus corações. Hoje você vai conhecer a história dessa santa que foi tão generosa para o povo necessitado e carente.

Quem foi Santa Paulina?

Santa Paulina ou Paulina do Coração Agonizante de Jesus Cristo é a primeira santa canonizada pelo então Papa João Paulo II em 19 de maio de 2002.

Com o nome de batismo de Amabile Lucia Visintainer, essa italiana nascida na província de Trento em Vígolo Vattaro na Itália, viveu no Brasil até os seus 76 anos.

De família pobre e de origem muito humilde, porém católicos fervorosos, herdou deles a vontade de servir a Jesus.

Chegou ao Brasil ainda muito novinha, aos 9 anos de idade com a família e alguns vizinhos, fugidos da pobreza que se instalava na Itália. Instalaram-se em Santa Catarina e fundaram uma cidade chamada Vígolo, comunidade que atualmente faz parte de Nova Trento.

A história dessa santa é marcada principalmente pela sua caridade e piedade com as pessoas mais necessitadas. Desde muito jovem afirmava que se entregaria a Deus para que ele a usasse como um instrumento de ajuda para quem precisasse.

Era uma pessoa sem muitos dons intelectuais, porém com grande amor e fé pela religião Católica. Sua dedicação principal foi direcionada aos sofredores e pobres.

Santa Paulina recebeu sua primeira comunhão aos 12 anos de idade e desde então começou a se dedicar a vida paroquial. Lecionava catecismo para crianças e fazia visitas periódicas a pessoas doentes.

No ano de 1887 ficou órfã de mãe, ficando com a responsabilidade de cuidar de toda a família depois, até que o seu pai se casasse novamente.

Santa Paulina

Origem da Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição

A dedicação de Santa Paulina aos pobres e doentes era muito grande. Em meados de 1890, junto com uma amiga, se mudou para uma cabana a fim de cuidar de uma doente terminal de câncer.

Foi a partir desse ato que surgiu a Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição, aprovada pelo bispo Dom José de Camargo Barros em 12 de julho de 1890. Aliás, é nessa data que se comemora a fundação das obras de madre Paulina como também é chamada carinhosamente.

Por conta dessas obras, recebeu então o nome de Irmã Paulina do Coração Agonizante de Jesus.

Essa Congregação continuou crescendo, pois mais mulheres entraram para ela graças ao chamado divino para trabalhar auxiliando quem era necessitado.

Em 1903 o seu poder dentro da Igreja já era notado, chamada de mão Paulina, já possuía uma grande quantidade de devotos.

Como foi sua mudança para São Paulo

Santa Paulina mudou-se para São Paulo, no bairro do Ipiranga e diversos outros conventos foram fundados graças a sua liderança e persistência. No convento localizado no Ipiranga, a missão era de cuidar de pessoas carentes, órfãos e idosos ex-escravos especialmente.

Em 1909, foi removida injustamente do seu posto de Superiora Geral, mas graças a sua humildade aceitou trabalhar como subalterna da própria Congregação.

Então, foi enviada para trabalhar no Hospício de São Vicente de Paulo e na Santa Casa. Esse foi um dos períodos mais difíceis de sua vida, onde os anos foram marcados pela oração, sofrimento e muito trabalho.

Isso tudo aconteceu para que a Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição continuasse sua jornada firmemente.

Santa Paulina

Como foi o seu retorno à Casa Mãe do Ipiranga?

A nova Superiora Geral da Casa Mãe do Ipiranga, chamou-a de volta em 1918, onde permaneceu servindo até a sua morte. Nesse período dedicou-se a cuidar das irmãs enfermas que precisavam de ajuda.

Por conta dessa injustiça e da manobra que o Arcebispo fez contra a santa, ela teve que viver em total anonimato e como subalterna até morrer.

E foi exatamente assim que ela viveu até o fim da sua vida.

Fim da vida e a chegada da morte de Santa Paulina

A saúde começou a declinar em 1938, quando começou a sua batalha contra a diabetes. Batalha essa que foi perdida anos mais tarde quando o seu braço direito foi amputado e sua visão totalmente cega.

Morreu em 1942, no bairro do Ipiranga. Sua última frase dita foi “Que a vontade de Deus seja feita”.

Então, para homenagear a sua obra e toda a sua dedicação aos mais necessitados. Ergueu-se um Santuário em Nova Trento, Santa Catarina.

Ela recebeu o nome de “Enfermeira de Deus” por seus fiéis em Nova Trento. Seu carisma foi voltado exclusivamente para as necessidades do povo mais humilde e carente. Ela tinha os ouvidos voltados para quem mais necessitava de ajuda.

Como foi a sua canonização?

Foi em 18 de outubro de 1991 em Florianópolis, que a Santa Paulina foi beatificada pelo Papa João Paulo II. Seu processo de canonização aconteceu mesmo em 19 de maio de 2002, quase 11 anos depois.

Os fiéis comemoram o dia de Santa Paulina em 9 de julho que é a data de seu falecimento. Invocada pelos enfermos acometidos pela diabetes e com câncer, recebe em seus santuários centenas de pessoas todos os anos.

Conheça a oração de Santa Paulina

“Ó Santa Paulina, que puseste toda a confiança no Pai e em Jesus.

Com a inspiração de Maria, decidiste ajudar o povo sofrido, nós te confiamos a Igreja que tanto amas.

Nossas vidas, nossas famílias, a vida consagrada e todo o povo de Deus.

Peça a graça que queira alcançar.

Santa Paulina, intercede por nós junto a Jesus. De modo a que tenhamos a coragem de lutar sempre na conquista de um mundo mais humano, justo e fraterno. Amém.”

Reze um Pai-Nosso, uma Ave Maria e um Glória ao Pai.

Agora que você conheceu a história de Santa Paulina, experimente fazer a sua oração e veja as graças acontecendo na sua vida.


3 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O AMOR!


Deixe seu Comentário!

Clique aqui para postar um comentário