Espiritualidade

Oxum: características, simbologia e seus filhos

Assim como tantos outros Orixás da cultura nigeriana, Oxum é nomeada em função de um importante rio e, desta função fluvial, nascem suas principais características. Mais doce e benevolente que Oyá, moradora do rio Niger, ela reúne aspectos mais voltados ao feminino, à fertilidade humana e ao amor.

De forma simplificada e, obviamente, longe de uma observação da prática como ela é, pode-se considerar Oxum a correspondente, em termos de dimensão e apadrinhamento, de Iemanjá. Sua natureza interna, no entanto, a faz mais voltada para aspectos mais ligados a núcleos próximos.

Saiba mais sobre Oxum, a rainha das riquezas, mãe da benevolência e protetora das crianças:

Elementos simbólicos

Oxum destaca-se e homenageia-se através do amarelo e do ouro. Jóias douradas e presentes de valor fazem a Orixá feliz, pois representam seus próprios filhos, como a argola de cobre que referencia Ide, ao ser colocada nos braços de seus iniciados.

Seu dia é o sábado, e seu principal símbolo é o leque chamado de Abebê, junto à ritualística joia Ide, que é utilizada por seus iniciados. Seu elemento, por óbvio, é a água, em especial a água doce, e seus domínios geralmente são associados ao amor, a questões de fertilidade, como maternidade e gestação e à riqueza, demonstrada através de suas jóias.

História e características

Vaidosa, bela, sensual e carinhosa, Oxum carrega um imenso poder feminino em seu aspecto mais terno, relacionado às características da maternidade, diferentemente de Iansã, por exemplo, que carrega diversos destes elementos, mais inclui características do fogo em seu espectro de personalidade, como a ferocidade e a explosão.

Por sua personalidade, é incapaz de ver as coisas ruins de seus filhos. Amamenta, ama e é bondosa que aqueles que a tratam bem, e é protetora dos inocentes e das crianças. Por isso, todos aqueles que ainda vivem antes da idade adulta são zelados por Oxum.

Parte interessante de suas características está na forma de interpretar o valor de seus filhos e sua relação com a riqueza: são, para ela, seus filhos, jóias propriamente ditas. Por isso, só vê neles o brilho, e sua riqueza está diretamente relacionada à capacidade de proteger e nutrir os seus.

É exatamente por isso que seus iniciados utilizam uma argola de cobre no braço, para agradar a Orixá.

Principais características dos filhos de Oxum

Seus filhos são cuidadosos, atenciosos ao que acontece ao seu redor, e capazes de exercer diplomacia em seu dia a dia. Mais do que isso, são geralmente interpretados como pessoas estratégicas, que podem parecer ingenuamente dóceis, mas são determinadas e fortes, capazes de concretizar seus desejos assim como uma mãe está muito a frente de seu filho quando este acha que a engana.

Embora sejam pessoas apaixonadas, não são instintivamente entregues a estes, nem são propensos a irresponsabilidades, pois os filhos de oxum são vaidosos e narcisistas, muitas vezes. São discretos ao mesmo tempo em que são altamente sexuais, o que faz com que sua intensa vida geralmente seja mantida com pouca publicidade.

Em geral, são pessoas extrovertidas, que gosta de festas e eventos sociais. São sorridentes, gentis e gostam de ajudar os outros na mesma medida em que gostam de se manter sempre bem cuidados.